Browsing Tag

pessoal

Meus presentes de Natal – 2014

- Sem categoria
Olá pessoal! Semana passada contei pra vocês como foi meu Natal, e hoje venho mostrar pra vocês as coisas fofas que eu ganhei de presente! Não sou do tipo de pessoa que gosta de ficar se exibindo, mostrando as coisas que tem, etc, até porque acho isso babaquice mesmo. Queria ter gravado um video, pra poder compartilhar não só aqui, mas lá também, a minha felicidade de receber essas coisas de pessoas que a gente gosta, que de certa forma são uma maneira de expressar o carinho que temos uns pelos outros. Comparitlhar minha alegria de receber esses presentinhos é, pra mim, uma maneira de retribuir, sabe? Então chega de mimimi e bora ver meus mimos desse ano!
O primeiro é o presente do meu vô! Muitas bijus lindinhas, douradinhas e delicadas, pra combinar com meus looks girlie que eu amo, hahaha. Tudo da loja MH2, de Pelotas!  Esse arquinho de pérolas é meu xodó já, combina com muitos penteados e não aperta a cabeça!

Da minha tia, ganhei um porta-jóias bem pequeninho, que veio numa caixa azul muito fofa e meu amigo Philipe me deu uma caixinha da Cacau Show que é muito amor gente! A caixinha vai girando e os bichinhos que estão desenhados nela vão mudando, é fofo demais! Nem preciso dizer que as trufas todas desapareceram da caixinha rapidinho né? hahahaha

Da minha irmã ganhei uma mini máquina de costura que é uma caixinha de música! Coisa mais linda gente, o pedal vai mexendo e ela simula o movimento de uma máquina de pedalar antiga, enquanto toca a musiquinha. Deus sabe como eu tava querendo o mesmo tempo que adiando comprar uma pra mim!

 Minha mãe, tradicionalmente, costuma dar um valor em dinheiro pra mim e pra minha irmã, assim ela “não erra no presente”. Bom, nessas ocasioes eu aproveito pra comprar coisas que eu penso dez vezes antes de comprar quando o dinheiro sai do meu bolso, mas como é presente, pode. Comprei um vaso lindo e dois porta-pinceis, tudo prata pra combinar com a decor do quarto (tou louca pra mostrar pra vocês). A camisa e a blusa do Rolling Stones são da Marisa.

 Minha avózinha me deu um shortinho e uma blusa, os dois muito fofinhos e que combinam com muitas roupas minhas. Já até montei mentalmente um look com cada um deles. Quando usar, mostro pra vocês.

 Meu papi perguntou o que eu queria ganhar, e é claro que eu pedi outra coisa que penso moooito antes de gastar meu suado salário: bolsas. Gente, eu amo bolsas! Se deixar compro uma nova todo mês. A mochilinha tava desejando há tempos, e a bolsa tiracolo é sempre uma queridinha no verão. A sandália é da Beira Rio e é muito mais  do que confortável. Caso de amor mesmo.

 Fabinho lindo meu amor me surpreendeu com esse livro que eu comentei uma vezinha só quando passamos na livraria, e achei que ele nunca mais fosse lembrar ou pagar 40 reais num livro, que pra ele é muito. Já estou doida pra ler, e o perfuminho Nina é meu xodó da vida, e só vou sossegar quando tiver todas as cores de maçãzinhas na penteadeira.

Costumamos também rechear nossas meinhas, que ficam penduradas na lareira na parede,porque ambos achamos uma tradição muito fofa, e podemos rechar com muitos mimos, e quem não ama presentinhos?
Mas Fabinho extrapolou, passou da conta e colocou um super copão, estilo desses da Imaginarium sabe? Dentro da meia. Não tinha como não saber o que era, meu povo. A meia tava estourando, hhaha.

Junto tinham muitas mini barras de Hersheys com Ovomatine e aquelas dentaduras doces que eu amo demais. A caneca também foi presente dele, e foi faceira se juntar às outras na coleção mais fofa da vida.
E por último, esse ano aproveitei meu primeiro décimo terceiro salário  faz sentido isso? e comprei uns presentinhos pra mim mesma, coisinhas bobas que eu queria há um tempo: meu CD Britney Jean Deluxe, meu lindo 1989 também Deluxe e meu óculos com armação de coração.

Ufa! Queria agradecer imensamente à minha família e também a Deus por me proporcionar tantas coisas quando sei que embora muitos tenham muito mais, outros tantos desejariam muito ter o que tenho. E vocês, ganharam muitos presentes? Me contem! Beijos e até a próxima!

Resumão de Natal 2014

- Sem categoria
O gente! Como vocês foram de Natal por aí? Aqui em casa não foi assim,  a oitava maravilha do mundo, sabe? Tivemos uns problemas na familia e isso deixou o clima meio estranho. Mas vocês sabem né? Eu sou a maior entusiasta do Natal nesse planeta, desculpa aí, Papai Noel então nada pode estragar essa data pra mim. Me dividi entre a casa dos meus pais e sogros, ficamos um pouquinho em cada uma, então, foi meio corrido, mas muito bom. Na casa dos meus pais montamos uma mesa bem simples, com alguns petidcos pra ir beliscando antes da ceia. 
 Nada de muita frescura, minha mãe não é muito dada à decorações e esse tipo de frescurinha que eu amo demais, hahaha. Eu sonho em ter uma casa enorme com muitas louças lindas pra receber convidados pra jantar e montar arranjos de flores combinando com as toalhas e toda aquela parafernalha típica de  Real Housewives, hahahahaha. 
Improvisamos com a louça de melamina oi? comprada no Walmart e as taças que meu pai ganhou com muuitos espumantes ao longo dos anos, hahah. Assim mesmo, tudo no pulo! Pra decorar, uma taça de vinho de ponta cabeça com uma vela de led em cima e uma bolinha dourada dentro. E não é que ficou fofo? 
Não tiramos fotos, eu e minha irmã estávamos às voltas com os presentes, e mais ninguém na familia é dado a lidar com as câmeras, hahah. No outro dia, no almoço de Natal, chegaram os tios e primos, e foi bem divertido.
Jogamos Pictionary, trocamos presentes, comemos muito e nos divertimos bastante. Depois nos reunimos com os amigos, e comemos até rolar, uahsuahauhs. E foi basicamente isso, hahaha. Só que com presentes, que são a segunda melhor coisa do Natal, depois do Natal por si só. E vocês, como foram de Natal? Me contem! Beijos no coração!!!

Desabafo! Ai que preguiça do mundo!

- Sem categoria
Novamente passei muito tempo afastada do blog. Não só do meu, mas de todos num geral. Percebi que essa foi uma constante na minha vida esse ano. Me afastei do mundo dos blogs, da moda, da costura, da beleza, do consumo, de tudo o que de certa forma me definia. Não foi por relaxamento, ou por não tentar. Tentei sim, e continuo tentando me manter a par de tudo, ficar “por dentro” do que rola nesse nosso mundo a parte que é a blogsfera, mas não tem sido tarefa fácil. Tenho feito algumas fotos de looks do dia, tenho tentado fazer videos, fiz um sorteio, fechei parcerias, coisas que nos outros anos teriam me feito pular de alegria, mas o fato é que tem alguma coisa que não se encaixa nisso tudo. 
Não sei bem o que é, mas sinto, de certa forma, que me desconectei de mim. Não somente co relação ao blog, mas de uma certa forma de tudo que me definia, como já disse no começo do post. Alguma parte de mim se desprendeu, e tenho tentado com louca trazê-la de volta, encontrar esse elo faltante que me deixa assim, aérea, desinteressada, com projetos inacabados e uma imensa vontade de fazer tudo e nada ao mesmo tempo. É uma sensação tão estranha, um desapego de mim mesma, e me sinto tão terrível por me sentir assim justo nesse ano, que me foi tão rico de vivências, de oportunidades, que poderia ter sido tão maravilhoso para nao só para esse blog, que é meu espaço, minha casa, aberta à todos vocês, mas também para meu crescimento como pessoa, como profissional, não fosse esse vagão descarrrilhado de mim, que continua a me deixar assim. 
Mesmo se eu tentasse explicar a vocês o que eu sinto, não conseguiria É uma coisa que fica a qui dentro de mim, que não me deixa seguir em frente. É sufocante. Algumas vezes sinto, o sufoco, físico, que não me deixa respirar, tão forte, tão estranho, não sei como dizer a vocês. É frustrante, sabe? Não tenho vontade de trabalhar, nem de blogar, e afinal, o que esse blog se tornou enfim? Às vezes nao vejo nada de mim nele, às vezes vejo um tanto de como eu gostaria de ser, ás vezes, somente um post a mais, pra não passar em branco.
Outro dia, vi uma frase no pinterest que me chamou a atenção: Não viva para blogar, blogue o que você vive (Don’t live for blog, blog what you live). Parei um momento para pensar, e meu Deus, que coisa mais verdadeira: Hoje vemos por aí um tanto de blogs que mostram uma realidade que não é real, e  uma vida cor de rosa que lutamos tanto pra ter, e esquecemos de viver a nossa vida e compartilhar nossos momentos legais com as pessoas.
Não escondo de niguém que preciso trabalhar pra ter grana pra comprar as cisas que eu quero, e só assim poder ter conteúdo pra compartilhar aqui no blog com vocês. Mas o fato é que: quem disse que tem que ser assim? Porque os blogs hoje são somente sobre as coisas que você comprou, vestiu, leu? Porque não podemos compartilhar aquele momento fofo que o seu cachorro fez uma gracinha? Porque não posso contar que tem épocas que eu preciso fazer  uma super economia pra comprar um sapato novo? Porque não dá ibope! Como nos tornamos superficiais, e eu nem sequer estou me excluindo disso. É claro que eu gosto de ver blogs em que as menians xibem looks incriveis todo dia, e viajam para lugares maravilhosos, mas gente, cadê aquele momento “gente como a gente”, sabe? Também amo isso! E sinto tanta falta…. De ver gente real no mundo dos blogs, gente que vai pra fila da padaria, que pega  ônibus, que faz faxina! 
E vendo que rumo meu pensamento tomou ao escrever tudo isso, acho que começo a entender esse sentimento, essa preguiça do mundo que vem tomanto conta de mim, porque é isso mesmo, uma preguiça do mundo, de tanto exibicionismo, de tanto nada pra dizer e tanto pra mostrar, sabe? De tanto “hype” e “SDV”. Nunca bloguei pelo ibope, e acho que ainda que por osmose, entrei na onda dlos blogs vazios e acabei com preguiça de mim. Já chega. Vou continuar dando esse tempo. Esse hiatus. E quando voltar, será porque tenho algo, algo RELEVANTE a dizer. Com certeza não é esse um adeus. Só um até logo. Vejo vocês em breve. Beijos no coração!

Meus presentes de aniversário!

- Sem categoria
Gente, tudo bem com vocês? Porque comigo simplesmente não está! Eu gravei um video mostrando os meus presentes de aniversário, que foi dia 21/06, e aconteceram um milhão de coisas e esse video não foi ao ar até hoje! A frustração foi tanta que simplesmente desisti de gravar o video de novo, que vou mostrar pra vocês aqui, no blog, todas as coisas que ganhei, porque pela primeira vez na vida, eu amei absolutamente todos os meus presentes! Vem comigo!
Gatinha Marie (presente de irmã): Minha irmã sempre acerta no presente. É sério, todo ano. Acho que ne o Fabinho me conhece tanto como essa pentelha. Faz anos que ela diz que vai me dar uma gatinha Marie, sempre que a gente passa em uma loja de brinquedos e a gente entra e fica querendo todos os brinquedos da loja, oi? e dessa vez ela realmente comprou, e me surpreendeu! Já está na minha mesa, junto do meu próximo presnete que eu amei demais que foooi….

Caneca personalizada do blog (presente da Carol e do Philipe): Gente, que coisa mais top, ryca, fashion e blogueira profissional, hein? Amei demais, e o melhor ainda, que a Carol entrou na  minha mente e mandou fazer a caneca com o design antigo do blog, que eu amo demais e estava com muita vontade de colocar de volta no ar! Foi uma surpresa linda! amei o presente e também deixo ela na minha mesa, bem exibida pra todo mundo ver quando chega aqui em casa, hahahah

Coisas para casa (presente da mamis): Minha mãe é do tipo sem paciência e sempre me dá dinheiro de presente. Muita gente pode achar impessoal demais, mas eu adoro poder comprar o que quiser, pra mim, sem sofrer por ver minha conta esvaziando. Então, peguei a grana e fui direto pras Americanas compra mimos pra deixar minha casa mais fofa. Ainda sobrou dinheiro pra ir passear com o marido e me divertir!

Roupas, roupas, roupas! (presente da vó e da tia): Adoro ganhar roupas, de verdade, mas só quando a pessoa sabe de verdade o meu gosto, e o que estou querendo. Sabendo disso, minha avó e minha tia sempre fazem o tipo: compre roupas e me mande a fatura pra pagar, hahaha. Porque não tem nada que eu goste mais do que comprar roupas sem precisar pagar por elas. A jaqueta é da Renner e o resto é da Marisa. 

Câmera fotográfica (presente do marido): Esse ano, Fabinho cansou de errar no presente e sambou na cara da gurizada me dando o presente que u peço há uns 5 anos, eu acho. Finalmente o danado comprou o meu sonho de consumo, minha Reflex Canon. Ainda estou aprendendo a mexer, descobrindo todo esse mundo da fotografia, mas tenho que dizer que amei demais, e com certeza vai ser um presente bom pro blog também né?  Ainda não tirei fotos publicáveis com ela, mas daqui a pouco elas já aparecem aqui no blog

Então foi isso meninas, espero que vocês tenham gostado e entendam que não estou fazendo esse post pra ficar me exibindo com as coisas que ganhei, até porque isso não é da minha postura. Apenas amei demais todas as coisas que ganhei, e acho que essa é uma forma muito bacana de agradecer a todos que de alguma forma se preocuparam em me presentear no meu aniversário! Mil beijinhos e até o próximo post!

Confissões de uma consumista

- Sem categoria

Oi meninas! O post de hoje é sobre um assunto não muito bacana, mas que tem tudo a ver com o blog e com todos os blogs de moda: o consumismo. Eu sou uma consumista confessa e sei que muitas mulheres (e homens) também são e têm sérios problemas por causa disso. A gente procura se controlar, mas a felicidade momentânea que a compra de um item desejo nos proporciona é inegável. Pelo menos pra mim. 

Não vou negar, pelo contrário, a influência que revistas e blogs de moda, principalmente, têm no aumento do desejo que temos por determinadas peças, marcas e estilos de vida. Não sou uma dessas que sai querendo tudo que vê as bloggers usando, mas não posso negar, por exemplo, que a visualização constante de um item fofo, e o marketing que as empresas fazem em parceria com os blogs não me mobilizam também, porque estaria mentindo. 
Por exemplo: sou uma viciada em vídeos de youtubers americanas, adoro o estilo de vida de lá e acho as meninas bem mais criativas que as brasileiras, que pensam que YT é só tutorial de maquiagem. E de tanto ver todo mundo mostrando, e falando e tals, tem alguns itens e marcas que se tornaram desejos pra mim: Starbucks, F21, modeladores NuMe, esmaltes Essie e mais recentemente, Baby Lips, porque eles são muito fofos e é uma coisa que por algum motivo eu queria muito. Quando eles chegaram no Brasil há umas semanas, saí que nem louca a comprar T-O-D-O-S. Quantas bocas cheias de pelinha eu tenho? UMA! Quantos produtos que fazem exatamente a mesma coisa? CINCO!
Se eu fosse uma top blogger, ganharia tudo de presente, e provavelmente jamais faria esse post aqui pra falar esse tipo  de coisa. Provavelmente, mesmo que sem intenção, faria parecer fácil ter gavetas cheias de maquiagem, roupas caras, mil sapatos, viajar pra NY, afinal, pra algumas meninas é assim mesmo não é verdade? Mas para a maioria de nós não é não, e precisamos ter o pé no chão.

Nos últimos dias, tomei uma decisão drástica. Cortei (sim, com a tesoura, de verdade!) todos os meus cartões, e não vou comprar mais nadica de nada no crédito. Tudo à vista, e nada caro! Graças a Deus nunca comprei nada caro, e posso me orgulhar de não ter nenhuma peça no armário que tenha custado mais de R$150,00 (exceto jaquetas de couro e casacos de inverno). Foi uma decisão muito séria, mas necessária. Estava sem emprego, com muitas contas pra pagar, e não me envergonho de compartilhar isso com vocês. Sei que muitas meninas tem o mesmo problema, e sofrem com isso. 

É a síndrome de Becky Bloom, e o que me inspira é saber que a Becky (pelo menos no primeiro livro) consegue organizar a vida financeira dela, então eu também tenho esperanças para a minha, hahaha. Mas sério meninas, minha dica é sempre parar, pensar e esperar  uns dias antes de sair correndo e comprar uma peça que a gente viu e quis muito. Eu sei que com tantas lojas online que facilitam a gente ter o que quer na hora, fica difícil. Mas quantas vezes você comprou uma coisa por impulso e nunca mais usou? Quanto dinheiro você teria economizado juntando todas essas peças? Força de vontade e vamos nessa juntas! Mil beijos e até o próximo post!