Browsing Tag

looks

Oxford flatform: 10 looks com o sapato queridinho da temporada.

- moda

No último ano, a estilista Stella McCartney lançou o sapato modelo Elyse, um oxford broguês com salto flatform feito parte em material que imita madeira e parte em borracha branca. Não demorou muito pra todas as marcas calçadistas criarem a sua própria versão do Elyse, a preços bem mais acessíveis (o Elyse original pode ser encontrado por 995 dólares no site da marca), e o modelo ganhou a cabeça das mulheres pelo mundo afora.

O modelo está em todas as vitrines, perfis de it Girls no Instagram, e nos pés da mulherada ligada em moda. Eu também gostei muito do sapato, tanto pela sua estática, como pelo conforto e pelo ar de modernidade e informação de moda que traz pro look nosso de cada dia. E já que o oxford flatform é mesmo o queridinho da vez, que tal uns looks pra você se inspirar ao usa (ou comprar) o seu?

Os looks do instagram e a mudança dentro de mim

- moda, pessoal

Oi lindezas do meu coração! Esse blog ultimamente anda que é surra de look do dia! Esse é um dos tipo de post que eu mais amo fazer, então, me aguentem! Entendo a moda como uma forma de expressar o que somos para o mundo exterior, e às vezes não é fácil assim, a gente escorregas no look e acaba mandando a mensagem errada. Ainda no fim de semana conversava com a Thai e a Tanara que ás vezes precisamos nos vestir de forma mais “adulta” para sermos levadas a sério. E é assim mesmo, as pessoas interpretam você pela forma como você se veste. Sabe aquela velha história de que a primeira impressão é a que fica?

Eu por muito tempo passava meus dias enfiada em um jeans e tênis com camisetas. Era assim todos os dias. Prático, fácil, e só escolhia uma roupa mais bacana quando ia “sair”. A imagem que eu passava de mim mesma era de uma garota comum, sem nada a acrescentar, sabe? Você olhando pra mim, não diria que eu sei a diferença entre 5 tipos diferentes de drapeado, por exemplo, ou que sei de cor a história de vida de Coco Chanel. Você, ao olhar pra mim, sequer imaginaria que eu gosto de moda. Eu estava passando a mensagem errada. Mas graças a Deus existe o tempo. E ele é o melhor professor. E me ensinou a me valorizar. Me ensinou que a opinião dos outros não vale nada, e que eu sim valho. Muito. E que eu posso usar o que eu quiser, quando quiser, que não preciso guardar um look lindo pra um dia especial, porque estar vivo já é uma razão pro dia ser especial. E esse aprendizado vai muito além de looks do dia e de dicas de moda. Eu aprendi que eu posso (e devo!) gostar de mim mesma. Não é tarefa fácil, já que o mundo está aí a nos apontar defeitos todos os dias, em todos os lugares, mas estou traçando minha caminhada vendo as coisas por esse lado. E espero, de coração, que você consiga traçar a sua.

12599210_899901436774478_1924353800_n12917932_1287999417893629_633070277_n 12917986_546965682149268_165790558_n 12940130_1590091774640061_91483452_n 12965821_997022647053001_1483665848_n

12976108_519835528226923_1854501133_n

O motivo de todo esse textão é contar pra vocês que nos últimos dias teve uma surra de look do dia no IG, e tem sido uns looks caprichados! E é look do dia messsmo, looks da vida real. Me contem se vocês estão gostando, eu espero muito que sim, pois como vocês puderam ler (espero que tenham lido) está sendo uma mudança  significativa pra mim. Um beijo no coração e até o próximo post!

 

 

 

Sobre ser professora e imagem pessoal

- moda

profes

Oi gente linda! como vocês estão? Eu estou em ritmo de fim de férias, e me preparando para voltar ao trabalho. Como muitos de vocês sabem, eu sou uma professora. E uma pessoa apaixonada por moda. E no meio desses dois mundos um dos questionamentos que encontro na minha rotina  é tentar entender diariamente porque a maioria das colegas de classe mantém um visual tão desleixado com sua aparência, ao invés de se apresentar de forma mais profissional. Você pode não acreditar, mas aquela velha história de que a primeira impressão é a que fica, é realmente verdade. Pra reforçar meu ponto de vista, vou te perguntar, de forma bem curta e grossa: Se você tivesse que chutar qual das duas professoras abaixo está concluindo a pós graduação e iniciando o mestrado, qual você escolheria?

profes3

Acho que já sei a resposta. E sabe porque? Simplesmente porque a primeira menina está vestida de forma PROFISSIONAL. Ponto e basta. E não me venham com xurumelas. Vivemos em um mundo extremamente visual, e nesse mundo, a forma como você se apresenta faz diferença sim.

Entendo que fato de a escola ser um ambiente basicamente infantil, e portanto um pouco informal, faz com que muitas colegas tenham a ideia de que é preciso vestir algo muito e somente confortável. Mas é perfeitamente possível se vestir de forma que nos permita lidar com crianças e toda sua energia sem perder a imagem de um profissional. Não estou dizendo aqui que a roupa de uma pessoa define o papel que ela desempenha, mas certamente o tal do look do dia tem um impacto na impressão que as pessoas fazem de você. Na minha humilde opinião, levo meu tranalho tão a sério quanto o que visto nele, porque quero que meus alunos e famílias não somente tenham uma boa impressão de mim, mas principalmente vejam que EU ME LEVO A SERIO e me valorizo.

Lá no instagram eu sempre uso as hashtags #lookdeprofessora e #proftamy pra compartilhar com vocês os looks que uso para trabalhar, e são peças compradas com orçamento de professora, em lojas populares, por alguém que está indo de fato trabalhar com crianças. Tudo realidade pura!

profe2

Então colega, te peço por favor, tira essa legging apertadíssima, tira esse uniforme (que geralmente se assemelham à roupa dos alunos ou as roupas de empregada/babá) e se apresente ao mundo como a profissional qualificada, formada, que ralou na faculdade lendo milhares de livros sobre teoria da educação e fez centenas de horas de atividades extra curriculares que você é! Somos tão importantes quanto qualquer criatura atrás de uma mesa de escritório! Só precisamos entender isso, para então ter força para fazer o mundo entender isso. A valorização começa dentro de nós. Aí, na sua casa, na frente do espelho. Não é fazer desfile de moda no trabalho, é mostrar ao mundo que você sem importa e que você sabe do valor da sua profissão.

Um beijo no coração e até o próximo post!

O lado fashion de Scream Queens

- moda, series, TV

capa-postOi galera! Quem aí é viciado em séries de TV? Não precisa nem perguntar né? Todo mundo tem uma série favorita que é super viciado, e que não sabe ficar sem, não é verdade? Eu tenho as minhas favoritas, no momento estou assistindo Flash, How to get away with murder, Supergirl, e estou super viciada nessa série que é o assunto que eu vim falar com vocês, que é SCREEEEAAM QUEEEENNNSS!!!
Scream Queens é uma série nova da FOX cheia de cenários, figurinos e fotografia incrível. Eu estou amando! Verdade que já estava curiosa antes mesmo da série estrear, porque o elenco (com nomes como Lea Michele, Nick Jonas, Emma Roberts, Ariana Grande, Abigail Breslin e Diego Boneta) já me atraiu logo de cara. E quando vi as promos, fiquei logo babando nos outfits.

SCREAMQUEEN5

Todo esse ar de “Mean Girls” definitivamente me pegou. E gente, é bem assim mesmo. A série se passa em uma irmandade, que é comandada pela presidente Chanel Oberlin e suas cópias: Chanel n. 2, Chanel n. 3 e Chanel n. 5. A presidente Chanel tem uma personalidade que eu defino como Regina George psicótica, e consegue ser assustadora, genial, muito burra e engraçada ao mesmo tempo. Só vendo pra entender!

Mas o principal motivo que me faz assistir Scream Queens é de longe, como já disse no começo do post, o figurino da série, que foi a primeira coisa que me atraiu pra frente da TV, ainda na nossa viagem em Gramado, quando estávamos de bobeira no nosso apê temporário. Chanel Oberlin e suas cópias são rainhas da moda, e seus looks (apesar de extravagantes) são tudo o que a gente queria ter no nosso armário, começando pelo próprio closet da Chanel.

scream queen6

Muitos tons pastel e vários shades de nude compõe o guarda-roupa de Chanel e suas cópias, com acessórios incríveis e sapatos tão lindos que fazem a gente chorar na frente da TV, hahah. Os looks são todos grifados, já que as personagens são podres de ricas, e as produções são impecáveis, tipo time Blair Waldorf.

scream quenn4

Chanel n. 5 (Abigail Breslin), Chanel n. 3 (Billie Lourd) e Chanel n. 2 (Ariana Grande)

Aliás, falando em Waldorf, quem não reconhece a escadaria atrás das mocinhas aí na foto de baixo? Muito parecida né? A casa da irmandade tem uns ambientes muito parecidos com os da cobertura das Waldorf, e quem assistiu os primeiros episódios certamente reconheceu a cozinha que Blair fazia tortas com Dorota no episódio de Thanksgiving!

SCREAM QUEEN3

 A cada dia vejo mais look lindos e fico querendo tudo! hahaha A personagem que eu mais curto o estilo é a própria Chanel. Os looks dela tem mais consistência, acessórios super em alta, e apesar de sempre ter uma peça super extravagante, são super adaptáveis e menos caricatos que as demais personagens, como por exemplo, suas cópias. Se eu fosse podre de rica certamente usava tudo que elas usam, sem nem ligar pro que todo mundo pensa 😛

SCREAM QUEEN1

SCREAM QUEENS2

Deixo a dica pra quem tá procurando uma série nova (e pra quem não está também) de ir dar uma olhada em Scream Queens. Dá pra assistir online, como todas as séries, mas também passa na FOX, toda segunda à meia-noite. Aqui em casa tem dobradinha: marido vê TWD e eu vejo Scream Queens logo em seguida.

Sinopse:

Scream Queens mistura humor, mistério e terror em uma série que é simplesmente demais. A irmandade Kapa Kapa Tau, como qualquer casa de garotas em um filme feito para garotas, tem muitos mistérios e segredos, escondidos a sete chaves sob a mão firme da presidente Chanel. Mas isso tudo está prestes a mudar com a chegada das novas calouras e de um visitante um tanto quanto indesejado: o demônio vermelho.

SQ_Publicity_004_RGB_V8_hires1.0.0

É uma comédia leve, tem figurinos incríveis e que você fica tentando descobrir a cada episódio, a cada pista, quem é o dito demônio e porque está matando os alunos da universidade. Os personagens são divertidíssimos e muito carismáticos, e com isso, vale a dica: a trama é muito mais comédia do que terror.

os conjuntinhos cropped de taylor swift

- moda
Oi gente Quem me conhece sabe que eu sou muito fã de Taylor Swift, e não me envergonho disso, apesar de termos quase a mesma idade (ela é um ano mais nova). Curto a Tay desde os tempos de Fearless e uma das coisas que sempre amei foi o estilo dela se vestir. Quando ela tinha uma fase mais romântica, com os cachinhos, que por sinal, são iguais os meus, quando ela tava nessa transição entre o country e o pop, ou quando ela mostra esse lado mais descolado e adulto, nessa nova fase de 1989, o estilo dela ao vestir-se acompanhou as mudanças que vemos em suas músicas e performances.
Uma coisa bacana de ter um ídolo da sua idade, é que as mudanças, o amadurecimento de vocês acontece mais ou menos ao mesmo tempo. Também tenho vivido isso de mudar meu estilo, de me vestir de forma menos “frufruzenta” e tenho me visto com looks mais adultos e ao mesmo tempo descolados. E é claro que a Taylor é uma super inspiração pra mim. 
Agora, com o tempo começando a aquecer, chega uma época em que podemos mostrar algumas tendências bacanas nos nossos looks de cada dia, e uma tendência que estou louca pra usar e também uma das favoritas da Taylor: os conjuntinhos crop-top.

Já faz um tempinho que ela adotou e vem despontando essa tendência, seja com comprimentos mais longos ou os curtinhos – os preferidos da loira – e a verdade é que eles complementam perfeitamente o jeitinho moleca com um ar de descolada da cantora.

Na vida real, podemos usar os conjuntos em padronagens florais ou lisos, que são os mais comuns, mas nada impede de arriscar um look listrado ou mais ousado. O top nem sempre tem que ser curtinho, ás vezes uma blusinha solta com comprimento do cós da peça de baixo fica tão lindo quanto. 
Que atire a primeira pedra quem nunca condenou o uso dos conjuntinhos nos anos 90, ou nunca teve um desse quando criança. Eu tinha vários, que minha mãe costurava  pra mim. Mas a moda é assim mesmo, e vive de ciclos. O toque de mestre é saber reciclar e renovar as tendências, criando algo novo partindo do velho. 
Eu sou apaixonada pelo estilo da Taylor, então é certo que ela aparecerá mais vezes por aqui.Mas e vocês, gostam desse tipo de post, com looks de celebridades e tendências? Me contem nos comentários! Beijos no coração e até a próxima!