Browsing Tag

em busca do apê

Organização pra evitar surpresas!

- Sem categoria
Os últimos dias têm sido tão tranquilos e tão legais, agora que o namorado está de férias *-* E me liguei que tenho me ausentado do blog. Que feio! Haha,  é que aqui tem rolado uma alternãncia de dias com calor de 40 graus e dias de friozinho e chuva. Ou tá bom pra ir pra praia ou tá bom pra ver um filminho, ou dar um passeio… Todas essas coisas boas de se fazer e quenunca dá tempo, e agora a gente pode fazer o tempo todo. Até que hoje recebemos uma oferta de negócio e vimos que abandonamos também a busca pelo apê. O último negócio em que estávamos de olho acabou não dando certo, então pra não cair na deprê deixamos pra lá. Hoje, quando a corretora perguntou se a gente já tinha a “carta de crédito” e a gente se olhou tipo “hein???” aprendemos mais uma lição, que além de ter mais paciência, precisamos planejar tudo o que precisamos fazer para não ser mais pegos de surpresa.

Depois de horas de conversa, acabamos ficando assim:

decisão nº1. continuar procurando um imóvel, com calma e racionalidade considerando vários fatores, em especial a relação custo-benefício, a possibilidade do Fábio ser transferido em função da Marinha, e termos de ir embora, a localização do imóvel com relação á nossos trabalhos e faculdades, pontos de ônibus, enfim. Quanto ao orçamento, combinamos o seguinte: uma casa na qual poderemos morar por muitos anos, com quintal, espaço pra casinha na árvore, etc, etc, pode ser um pouco mais cara. Apartamentos, só se for de um quarto ou então estilo loft, com precinho bem enxuto. Vida curta, preço curto.

decisão nº2. Como pagar as parcelas do financiamento, da faculdade e da reforma, sobra menos grana pra comprar o “recheio” da casa. Por isso, vamos comprando por agora, enquanto ainda não temos a parcela do financiamento, coisas que vão servir em qualquer tipo de casa: eletrodomésticos, enxoval, etc. Isso facilita nossa vida e dá uma folga, especialmente pra mim que vou costurar meu enxoval todo, desde os panos de copa até os roupões de banho.
decisão nº3. Assinar um contrato de união estável. Isso facilita na hora de comprar o imóvel no nome dos dois, e de acumular renda. Como não vamos fazer festa de casamento por enquanto, e quero me casar só no civil, vou deixar esse momento pra festa, daqui a alguns anos. Por isso, optamos pela união estável.
decisão nº4. Assim que comprarmos o imóvel, vamos em primeiro lugar planejar cada cômodo para só depois comprar tudo o que for necessário para cada um, aproveitando as promoções nas lojas tanto de móveis como de tintas e acabamentos. Quando se sabe o que se quer, é mais fácil encontrar um bom preço. 

Na verdade fizemos algo como um plano de ação, mas que vai facilitar muito nossa vida a dois. Agora vamos seguir tudo à risca, bem bonitinhos, pra tudo dar certo, e ainda sobrar muito tempo pra namorar, haha! Beijos!

Falta pouco!

- Sem categoria

Em primeiro lugar, queria agradecer a linda Camila pelo selinho!!! O blog dela que é um mimo na verdade, hahah. A regra do selinho é indicar mais 10 blogs mimos, mas é tããão difícil escolher que vou dedicar a todas vocês que passam por aqui e deixam seu carinho nos comentários.

 
Em segundo, vim aqui feliz da vida pra contar uma coisa que aconteceu essa semana. No início da semana minha cunhada que é corretora nos apresentou um apartamento, aqui na praia, onde eu e o Fábio moramos. O condomínio fica a meia quadra do calçadão, tem piscina, playground, salão de festas e academia. Ao mesmo tempo que nosso olhos e nossos corações de enchiam de felicidade, o lado racional pesava em contrário. Fomos conhecer o tal lugar. Os apartamentos eram espaçosos, duplex, e com uma sacada para a piscina e outra para a avenida. Me senti na série  Melrose Place, a construção é bem parecida com o famoso condominio da série. Coração apertou. A cunhada sempre garantindo que estava tudo dentro do orçamento. Alguns móveis vinham no pacote. Era entrar, pintar e morar. Voltamos então á imobiliária. Foi quando ela largou a bomba: o imóvel está avaliado em 160 mil reais. É o dobro do que a gente pretende gastar!!! Daí ela veio dizendo que esse custo era de um imóvel para a vida toda, e que era  muito melhor gastar mais agora do que trocar de imóvel depois, quando tudo estiver mais caro. Concordo com ela em gênero, número e grau. Mas tem uma coisinha: não temos a grana. Infelizmente, deixamos a cunhada a ver navios e vamos continuar com o nosso pequenino apê de 1 quarto pequetito que estamos de olho. Com uma pontinha de tristeza, depois de ver todo aquele Melrose Place. 
Mas a boa notícia é: com uma ajudinha dos meus sogros, já temos a grana da entrada do apartamento! Sim, sim, cada vez mais perto. Agora é esperar o fim do mês pra fechar o negócio! ai cruzem os dedinhos e rezem por nós, logo logo também vou ter o meu apê. Vamos nos organizar em termos de documentação e tudo mais nesse mês de janeiro pra concretizar a compra no mês que vem, se tudo der certo claro! Estou tão empolgada que nem sei dizer! Desculpem pela ausência, mas estava resolvendo tudo isso que contei pra vcs! 

Será que agora vai?

- Sem categoria
Parece que sim. Encontramos um apê por um preço digno, e um vendedor disposto a esperar um mês pela entrada. Sim, precisamos de 7 mil para dar de entrada, e não temos FGTS. O apartamento na verdade não é bem o que eu tava querendo, é beeem menor do que pretendíamos e só tem um quartinho. Mas em começo de vida, não se pode ficar cheia de grandezas. A parcela cabe no nosso bolso, e embora um apartamento bem maior custe muito menos na cidade vizinha, não estamos em condições de mudar de cidade. Não antes de terminar a faculdade.
Enfim, o caso é que agora temos  o prazo de um mês pra descolar a grana da entrada eeee um emprego pra moça aqui. Sim, sim, estou virando gente grande. Pensamos em um emprestimo cosignado, mas a parcela ficaria muito alta… Então estamos procurando outras alternativas. Mas dedos cruzados e desejem-nos muita sorte! Se tudo der certo, em pouquinho tempo também vou ter muitas novidades pra contar por aqui. 

Enquanto o apê não vem…

- decoração
Bom, ter a nossa própria casa é um passo importantíssimo no crescimento e aprofundamento de uma relação. “As coisas passam para um outro level”. Concordo. Mas nos últimos dias tenho me prendido tanto nisso que confesso que tava verdadeiramente pirando na batatinha. Me lembrei do post a Nine sobre o pedreiro, a espera, e quando disse a ela pra ter “paciência” logo pensei: e o macaco nunca olha por seu rabo, haha. Não durmo, não páro quieta, só passo o dia todo em função de sites de imóveis, classificados, simuladores de financiamento, enfim. Tudo isso somado a umas situações que vem acontecendo aqui em casa que só me fazem querer ir embora de uma vez. Resultado: STRESS, MUITO STRESS.
Foi aí que decidi usar minha sabedoria Mahatma Ghandiana e decidi, que o melhor mesmo é desencanar. Se eu vou conseguir, só Deus sabe, mas como diz minha mãe: não adianta colocar a carroça na frente dos bois. Agora vou focar em relaxar um pouco, ler uns livros, não, revista de decoração, não! e quem sabe procurar um emprego, (mas um emprego de verdade, não esses estágios da faculdade que te exploram e pagam 200 reais) pra ajudar o namorado a pagar as contas né? Nesse exato momento ele tá lá, no Banco, vendo se aprova o empréstimo do valor da entrada no apê. Sim, não temos a grana da entrada, mas podemos pagar ambas as prestações, graças a Deus! Semana que vem mais visitas a imóveis, blá blá bá. Mas SEM PRESSÃO.Preciso enfiar isso na minha cabeça, haha. 
E como eu acho post sem imagem muito muito sem graça, e já que vcs vivem postando fotos de seus apês e de como eles estão ficando lindos, e eu ainda não tenho o meu, haha vou ilustrar aqui hoje com fotos de umas das coisas que eu adoro fazer pra desestressar: costurar. Olha quantidadede coisa bonitinha pra casa facinho de costurar:

avental lindinho Izabelle Nossa

Pegador de panela e pano de copa Done by Me
Jogo americano Toda Minúncia

 Jogo americano Mimo patchwork

Depois de ver tantas lindezas, dá vontade de sair correndo pra máquina de costura tentar fazer. Tudo tão lindinho e tão caprichado. Todas as imagens, exceto o avental, são de meninas artesãs do Flickr, quefazem essas preciosidades. Se você quiser uma dessas peças, é só clicar no nome de cada uma em baixo das fotos. Enquanto casinha não vem, dá pra se distrair montando enxovalzinho né? Beijos!

Novo ano, novas esperanças!

- Sem categoria
Sim, 2011 começou oficialmente. Segunda-feira, dia de recomeçar a procura por apês, correr atrás de financiamentos, empréstimos, imobiliárias, classificados, etc, etc. E surge uma boa notícia: Um apartamento charmosinho que andávamos espiando um tempo atrás está novamente à venda. Na verdade, o danado nunca foi vendido, porque a comprador anterior teve uns “problemitxos” e pelo visto a culpa do negócio melar foi da imobiliária #momento gossip. E o melhor foi que conseguimos fazer contato diretamente com a proprietária, ou seja, o valor do imóvel caiu uns 6 mil reais, que era a comissão da corretora. Simulei um financiamento pelo Banco do Brasil (ando tendo sentimentos odiosos pela Caixa) e lá sim, conseguimos o auxílio Minha casa, minha vida. Inclusive o valor da entrada ficou bem mais baixo. Só falta conseguir essa grana, haha. Agora é cruzar os dedinhos e esperar pra ver se tudo vai dar certo. Haha, rezem por mim. Beijos!