Browsing Tag

blog

Sobre blogueiras e blogares

- Sem categoria
E hoje eu comecei um post. E ele falava de moda, como quase todos. E de repente me deu um branco. E foi uma coisa muito engraçada, porque me deu um desespero, uma angustia, porque eu não sabia sobre o que postar. No momento nenhum conteúdo relevante sobre moda ou beleza me surgia à mente. Mas foi nesse momento de aflição que eu fiquei também pensando porque eu ficava tão nervosa. Afinal, porque toda essa angústia? Porque ficar insistindo em um assunto que não flui? Quantas vezes abandonei a escrita do meu TCC porque o assunto não fluía? Quantas vezes deixei um vestido pela metade porque a costura não estava dando certo, porque as ideias estavam emboladas? E na verdade eu vejo muito disso na blogosfera. Ideias emboladas. Blogs sem conteúdo relevante, sem nada de novo, sem nada a acrescentar. Porque escrever quando não se sabe o que escrever? Ou pior ainda, quando não se tem nada de interessante a oferecer? 
Ultimamente tenho tido uma grande desilusão com o mundo dos blogs. É tanta autopromoção, tanta supervalorização do TER e desvalorização do SER, é tanta parceria e tão pouco conteúdo, é tanta bobagem, que o sentido verdadeiro do blog, que é ser um espaço pessoal, onde a gente fala sobre a gente, sobre o que se gosta, etc. acaba se perdendo. Eu não acho errado querer leitores, eu não acho errado escrever para agradar esses leitores, eu não acho erado ter parceria. Eu acho errado opinião vendida, eu acho errado meninas que se humilham atrás de parcerias, eu acho errado quem faz blog só pra aparecer e ganhar dinheiro. 
Sou mulher e apaixonada por moda. E a vida toda a mídia tentou me convencer que eu não tenho propriedade para escrever ou falar sobre moda porque não tinha grana pra ler a VOGUE, porque nunca tive e ainda não tenho nada de grife no meu guarda-roupa, porque não pude ir para a faculdade de moda. Mas ao mesmo tempo, bombam por aí blogs onde basta ter grana pra ser uma “it” indicada pra falar e dar palestra em eventos sobre o assunto. E os blogs seriam supostamente um espaço onde as meninas podem ver e ler essa pauta a partir do ângulo de quem vive “no mundo real”. Eu mesma me apaixonei por blogs de moda por eles estarem fora da mídia oficial, por mostrarem meninas como eu, que consomem Renner, Marisa e usam make do Avon e da Natura. 
Mas até onde mais o dinheiro vai ser a maior das tags? Até quando meninas vão gastar toda a sua mesada, salário ou o que for em make e roupas de marca só para ter o que mostrar nos seus amados blogs? É preciso pensar. Pensar sobre o que escrevemos e principalmente sobre o que lemos por aí. Deixei de ler muitos it-blogs, deixei de seguir muita F*Hits e confesso que depois de reler Becky Bloom essa semana deixei de acompanhar muitos outros. Percebi que a exibição era muito maior que a informação. Comecei a ler blogs internacionais. Se eu acho um saco ler em outro idioma? Bom, é verdade. Mas além de um exercício, consigo filtrar muito mais conhecimento de moda. Conheci outros blogs nacionais. Blogs que não estão na lista das ITs, mas que sim, tem um ótimo conteúdo. 
Que fique bem claro que esse post não é um repúdio ás blogueiras ricas, ou que se acham ricas, mas sim às meninas que blogam para que todas as meninas achem que tem que ser ricas, que tem que ter esse ou aquele item, que se não fizerem intercâmbio vão perder a adolescência e outras neuras. Esse post é por uma blogosfera que valoriza quem está atrás da tela, seja lendo ou escrevendo um post. E essa tem sido uma máxima pra mim: pensar e pesar antes de escrever. Beijos pra quem leu até aqui. E pra quem quiser ler ótimas leituras sobre esse assunto, de pessoas que escrevem muito melhor do que eu, é só clicar nos links a seguir:

Mil visitas!

- Sem categoria
Own pessoas, antes de tudo eu queria muito agradecer pela acolhida e principalmente pelas mais de mil visitas em um mês de blog… Isso é muito importante pra mim, saber que tem pessoas por aí a fora que lêem as minhas palavras e que de uma forma ou de outra estão comigo nessa estrada. Meu muito obrigada a todos que passam por aqui e preparem-se que logo logo tem surpresa aqui no blog!
Mas mudando de assunto, hoje encontrei namorado, depois de uns dias que ele passou a bordo, e falamos sobre o bendito financiamento. Por enquanto tá tudo ok, mas surgiu um problema: o dinheiro da entrada. Parece que o banco não autoriza um empréstimo MAIS um financiamento para a nossa renda atual. Leia-se tamy desempregada. E foi aí que surgiu o problema. E agora? O que fazer? Somos jovens, o fabinho tem uns 3 anos de trabalho só, e eu muitos trabalhos temporários, quase todos sem CTPS. Não temos FGTS (fabinho é militar) e não podemos emprestar com o banco  a grana da entrada. E não é pouco não, estamos falando de 7 mil reais. Comofas? Como foi com vocês? Como compraram a casinha ou o apêzinho de vocês? Deram FGTS na entrada? E quem não ten FGTS? Parece que quanto mais eu corro, mais me enterro. Decidimos, por questões de sanidade mental, não tocar no assunto e deixar passar, já que ele volta pra bordo amanhã e não queríamos estragar esse dia lindo de praia… Mas agora que ele já foi isso ficou preso na garganta. Dêem um help aí meninas, como foi com vcs?

///Editando ///
Queria aproveitar o momento festivo de mil visitas pra agradecer a Nine pelos selinhos que ela deu pro blog! A Nine é uma pessoa muito querida, tem um blog fofo como ela e queria dizer o quanto foi gratificante ganhar selinhos em apenas um mês de blog! Obrigada Nine! Aqui estão eles:

E queria indicar os selinhos pras blogueiras
Hilana – Antes e depois do apê
Camila – Casa com tudo dentro
Rosane – Lar, futuro doce lar
Pode indicar de volta, Aline? haha.
A minha vontade é de distribuir esse selinho pra todas vocês que vêm por aqui e comentam, deixam sua opinião, me dão força, e tudo mais! Mas não se preocupem que logo logo tenho uma surpresa pra vocês que estão sempre aqui comigo!
Beijos!

///Editando 2///
Queria agradecer a fofa da Alê que me indicou os selinhos também *-*
Valeu Alê!!!

Chegou 2011

- Sem categoria
Ano novo tá aí… E o ânimo, cadê? Essa é uma boa pergunta… Andei relaxando aqui no blog, meio sem vontade de postar, sei lá  Abandonei geral aqui neste período de holidays. Aproveitei as festas, me estressei bastante, e odeio me estressar nesse período, que deveria ser de reflexão, de união, enfim. Nem os blogs vizinhos eu andei visitando. Andava no virtual life mode off. Mas tudo muda. Tudo muda quando a gente lê um comentário lindinho como o da Bia, que comentou no meu último post, e faz você pensar que tem alguém, em algum lugar aí que passa por aqui, que lê o que eu escrevo, que curte os meus posts. Isso não tem preço. E isso me deu gás pra voltar com tudo nesse novo ano, que promete, e muito. Porque uma das coisas que aprendi nesses dias foi que as coisas pequenas da vida, aquelas mais simples e que nos proporcionam pequenas alegrias são na verdade as coisas grandes da vida. E tudo aquilo que nos abala, nos entristece, deve ser diminuido de um tamanho tão pequeno, impossivel de ver a olho nu, pra que a gente nunca mais veja e se esqueça deles. E que a gente vivendo dessa forma vive muito mais leve, muito mais alto astral, e muito mais feliz. 

Deixo essa mensagem a todas que passam por aqui e deixam também um pouco de si.
Muito obrigada por estarem aqui comigo. E que venha 2011! We’re ready now!!!!

Primeiro selinho!

- Sem categoria

Antes de mais nada queria agradecer os posts fofos que recebi, e dizer que estou meio atolada again com os trabalhos da faculdade, daí as ausências nesse blog e nos vizinhos.

Hoje eu estou muito muito feliz pq ganhei meu primeiro selinho e ele veio de uma pessoa muito linda, que é a Juhjuh Fernandes! Nunca tinha ganhado um selinho, e adorei ter ganhado esse!

Regras deste Selinho:

Falar de quem te deu o selinho:
A Jujuh é uma menina muito fofa, bonequeira como eu, mãe da Mariela e tem um blog muito lindo sobre vários assuntos que a gente adora, como música, colírios, receitas, enfim, um monte de coisa legal.
Dizer o que te deixa nas nuvens:
Dançar me deixa nas nuvens! – vou repetir, juh!

Indicar 10 pessoas que me apoiam e me dão carinho:
Não conheço muitas pessoas da blogosfera, então vou indicar algumas amigas que eu amo de verdade, mesmo que nunca atualizem seus blogs, e outras pessoas que eu curto seus blogs!

Ray
Leeh

Kell
Olive
Karla
Cris
Say

E a Juhjuh, é claro!

Junto com o selinho ela também me passou um meme muito legal, o desafio dos 7. Bora fazer?

7 coisas que eu tenho que fazer antes de morrer:

Viajar pra Disney
Tomar café da manhã na Tiffany’s
Cantar (bem) e dançar num palco
Morar em outro país ( de preferência na Europa)
Participar de um musical (não do tipo Glee)
Curar minha alergia
Ficar rica!!!

7 coisas que eu mais digo:
ALOCA
mas que m&rda…
É um ineliz, tchê.
Ah, não…
ô guria!
fala sério, neh?
Ai, como vc é caipira (essa o fabinho ouve o tempo todo)


7 coisas que eu faço bem:
Escrever
Dançar
Docinhos, sobremesas e afins hihi
Comer!
Desenhar
Incomodar (isso eu faço que é uma beleza)
Costurar


7 defeitos meus:
Indecisão
Insegurança
Preguiça
Timidez ( as pessoas confundem com ser metida)
Teimosia
Odeio mudanças
Egoísmo (odeio emprestar minhas coisas)

7 coisas que eu amo:
Música
Dança
Viajar
Sol
Bonecas
Cor-de-rosa
Make (embora não use)


7 qualidades:(dizem por aí…)
Boa amiga
Altruista
Criativa
Inteligente
Carinhosa
Sincera (é qualidade ou defeito?)
Compreensiva


Indique 7 blogs:
Vou indicar os mesmos lá de cima!

 

Blog de cara nova (again)

- Sem categoria

Posso dizer que estou muito muito feliz porque finalmente consegui deixar o blog do jeito que eu queria.  O layout ficou muito a minha cara, e foi uma surpresa não pegar um dos temas da Evelyn e mudar somente a imagem do hearder,  coisa que eu sempre faço e realmente criar uma cois minha. Deu um trabalhão, mas decidi pegar um tema totalment cru, branco, e começar a personalizar do meu jeito. Ainda não sei montar os códigos do zero, por isso sempre pego uma base. Like wordpress, saca? Enfim, espero que gostem.

 Como a faculdade tem me deixado bem maluquinha nesses últimos dias, pq os professores sempre pensam que novembro é o mês mais longo do ano, e aí que deixam todos os trabalhos pra esse mês, não tenho tido muito tempo pro blog, mas sempre que posso dou uma passada. Uma novidade: decidi me render de vez às tags, embora ainda não saiba quais, pra manter uma organização e um público pro blog. Andei dando uma olhada por uns blogs que eram lindos, mas vc nunca sabia do que a blogueira realmente falava nos posts. Tipo, parece um blog de moda, mas não é. Parece um blog de make, mas eu falo de um zilhão de coisas menos make, haha. Sei que pode parecer rescura, mas não é. Entrei em milhões vários blogs que tinham tudo pra entrar na minha listinha, mas nunca sabia afinal do que a garota ia postar, na verdade somente um post ou dois me interessavam, e era uma decepção. Com as tags, a gente sabe direitinho o que a dona do blog fala, e tals. 
Mais reforminhas vão rolar por aqui, mas enquanto isso, estudos e mais estudos!