Browsing Category

musica

Tag – Minha história em 10 músicas

- musica
Oi gente linda! Viram como essa semana já estou mais disciplinada com posts quase todos os dias da semana? É só questão de pegar o jeito! Hoje o post é bem diferente do que costumo escrever por aqui. A querida Lydia, do blog Arte à Porter, me convidou no começo da semana pra responder uma tag, sobre 10 músicas que marcaram minha vida. Bom, não foi nada fácil montar essa seleção, mas o que eu não faço por esse bloguito né? Então, vamos à playlist: 
1. Uma música que te lembre um momento bom
22, Taylor Swift
 

Na verdade, não é que ela me lembre apenas um momento bom, mas essa música me enche de felicidade, de uma sensação tão boa, e me faz lembrar de muitos momentos bacanas que já vivi, com meus amigos, amigas, família, nos tempos de escola, etc. 

2. Uma música que defina a sua vida.
Aquela dos trinta, Sandy

Essa é dificil, até porque na minha opinião, quem se define, se limita. Cada fase da vida da gente é diferente, e por isso, tem uma trilha sonora diferente. Já tive muitos momentos, e agora, mesmo na beirinha dos 30 anos, (já faço 27) ainda me sinto um pouco adolescente às vezes, e tudo isso é muito confuso pra mim, hahaha. Então escolhi uma música que me define, hoje.
3. Uma música que te faz dançar na balada
Get it right, Jennifer Lopez.

 Na verdade não sou uma pessoa de baladas, embora eu ame dançar. Dancei muitos anos em grupos de escola e tal, e foi uma paixão que ficou. Tenho muita memória afetiva de músicas dos anos 2000, então qualquer música mais eletrônica ou dance da época tem esse efeito sobre mim. Onde quer que eu esteja, seja  no consultório do dentista ou no meio de uma loja, quando escuto essa música eu saio dançando.

4. Uma música que foi tema de algum relacionamento
A tu lado, RBD
 

Um relacionamento de verdade, que possa ser chamado assim, eu só tive um, com meu marido. Estamos juntoshá quase dez anos e boy, it’s a lot of time. Claro que escolhi a nossa música, do tempo em que começamos a namorar, e que foi a mensagem do nosso convite de casamento e também a nossa dança de noivos. 
5. Uma música que sempre te faz chorar
Te puedo escuchar, Anahi

Sou muito má por não ter uma música que me faz chorar? Não ou do tipo chorona com músicas, sou muito pior com filmes e tal. Mas há um tempinho atrás, tinha uma música que me arrancava lágrimas. Não por algum motivo especial sabe? Apenas ela tem uma letra muito triste ao mesmo tempo que uma melodia bonita. E também a Annie tem essa voz rasgada que comove a gente sempre 🙂
6. Uma música que seria toque do seu celular
Happy, Pharrell Williams
 

Seria não, já é! Porque gente, tem muúsica mais feliz que essa? Ao contrário de muita gente no mundo, não enjoei e nem vou enjoar dessa canção só da versão do Cirilo do SBT. A mensagem dela é linda bate palma junto se felicidade é a sua verdade! e na boa, não dá pra ficar com raiva nem do despertador acordando com uma música tão legal!
7. Uma música que você gostaria de tatuar
Lei it go, Demi Lovato
 

Tá eu sei. Eu sou uma maluca por Disney. E por mais que uns digam que essa coisa de  Lei it Go é bem clichê, eu vejo todo um outro significado nos versos cantados pela  nossa amada princesa gelada. 
Let it go, let it go
Turn my back and slam the door
Sofri muito tempo da minha vida por não saber deixar pra lá, esquecer, perdoar,sabe? Sempre tive o defeito de remoer as coisas, conviver com gente que não e faz bem, e ter amizades duvidosas. com o tmepo, aprendi a deixar pra lá, e minha vida começou a mudar tanto (pra melhor) que Let it go se tornou quase que um mantra na minha vida.
8. Uma música que te deixa com vontade de ficar com alguém 
Gente, que difícil essa! Não tenho turn on em músicas, pode pular? Sou muito mais de momentos, enfim… Não sei como responder essa aqui!
9. Uma música que você está viciada agora
Style, Taylor Swift

Estou viciada em todo o álbum 1989, já tem mais tempo do que deveria. Mas vício é vício e vamos aproveitar que hoje saiu o video oficial da música que no final eu não curti que eu estou mais viciada  do novo álbum da Tay. 
10. Uma música que faz as pessoas lembrarem de você 
Toxic, Britney Spears

Essa foi fácil! Só perguntar pra galera, hahaha. Na verdade não foi tão fácil assim, as pessoas não conseguiam pensar em música nenhuma e no final duas amigas minhas que disseram que sempre que ouvem essa música, lembram de mim. Fico mó feliz, porque é uma das minhas músicas favoritas de todos os tempos, yay! E eu também dançava ess ana escola, ô saudade!

Paixonite: 1989 Deluxe – Taylor Swift

- musica
 Gente, tudo bom?! Como foram de virada? Por aqui tudo lindo! E as postagens seguem o ritmo, o que é uma das das minhas metas pra 2015. Quem me conhece sabe que sou fã de Taylor Swift há algum tempinho já, desde  Fearless, na verdade. Mas é inegável a força que essa moça tomou nesse último ano, especialmente com o lançamento de seu novo ábum, 1989. Taylor ostrou uma nova face totalmente incrível e inovadora, e arrebatou milhares de corações, e fãs. 
O álbum 1989 traz uma pegada muito pop, jovem e moderna, com músicas incríveis que prometem ser hit e que “grudam” não só no ouvido mas no coração. Minhas favoritas são Blank Space, Style, Wildest Dreams, I wish you would, e taaantas outras. Amei de paixão o álbum como um todo, e os videos lançados até agora mostram o nível de perfeição que Taylor está alcançando. 
Quem garante a versão Deluxe do cd 1989, ganha um mimo da Tay para seus fãs, um envelopinho muito fofo com 13 polaroids, que vem junto com o CD em si em uma luvinha que repete a capa. Eu sei que não é novidade pra ninguém, mas o meu chegou aqui em casa faz pouco e eu simplesmente pirei na batatinha quando espalhei todas as fotos no sofá. Tudo o que eu pensava era: Quero as outras 13!!! São 65 polaroids no total, e ao comprar o CD você pode ganhar um dos 5 sets de fotos: do 1 ao 13, do 14 ao 26 e assim por diante.

Preciso dar mais motivos pra esse CD ser a primeira paixonite de 2015? Acho que não né gente! E se preparem pra ver muito mais Taylor aqui no blog! Mas caso eu ainda precise convencer alguém, vou deixar aqui o video de Blank Space pra quem ainda duvida que só temos maravilhas pra ouvir a respeito dessa mocinha! Beijos e até o próximo post!

Na TV: The X Factor USA Finals

- musica

Quem acompanha o blog sabe que sou mais do que fã de Britney Spears e quem me segue no twitter (segue lá @ohtamy) deve ter notado que sou #BritneyArmy. Tava torcendo muito pela Carly, mas devo admitir que a bonitinha tem a vida toda pela frente, e todo aquele talento não vi ser esquecido só porque ela ficou em segundo lugar.

O grande campeão da noite foi Tate Stevens, acredito também que toda a história de vida dele teve um grande peso na conquista dos fãs. Obviamente, nem as meninas do Fifth Harmony (que eu tbm amo demais) nem a Carly têm grades histórias de vida pra comover o povo, são todas adolescentes, que ainda vivem com os pais e estão começando a viver. Digo isso porque acho que em termos de talento, a competição estava apertadíssima, e na minha opinião, toda essa coisa de “vida sofrida” arrecadou muitos fãs pro Tate que se identificaram com a história dele.

Britney disse minutos após o programa no twitter: You are a winner in my eyes tonight @CarlyRoseMusic & I know you’re going to have a very long career… #ProudOfCarly. Traduzindo: Você é uma campeã aos meus olhos Carly e eu sei que você irá ter uma carreira muito longa. Quem me dera ter uma oportunidade dessa e ainda conviver com a princesa do pop quase todo dia hein meu povo? Pra quem não acompanhou a final do reality show, vou deixar aqui embaixo vídeos das performances de ontem e da minha favorita em todo o programa, Fifth Harmony cantando Anything can happen.

A Sony (canal 49 na Net e SKY) transmitiu a final ao vivo ontem a partir das 23h, e hoje vai ao ar a reprise com legendas às 21h.

Paixonite: Glee

- musica
Faz aproximadamente um mês que a pessoa que vos fala descobriu uma nova paixonite: Glee. Parece que todo o mundo já sofria desse mal, mas eu sempre achei a série meio besta, infantil e além do mais, nunca tive paciência pra musicais. Isso tudo antes de parar pra assistir um episódio inteiro da série. Não sei se foi sorte de assistir logo de cara o episódio da Madonna, ou a simpatia instantânea pela treinadora Sue. Adorei. E no dia seguinte já vi outro, e comecei a amar. Essa semana baixei 30 músicas interpretadas pelo cast do Glee e acreditem, todas as versões são melhores que as originais. Menos Toxic, hahah. Sabe como é, I’m Brit-addicted too. Since I was twelve. 
Não achava que ia gostar da série por ser mais uma série de adolescentes e High School, com todas aquelas roupas de lideres de torcida e jaquetas de time de beisebol e tudo mais. Mas acabei conquistada pelos personagens e pelas canções. E claro, essa coisa que a gente sempre tem na adolescência ou pelo resto da vida de paixão por palco, canto, musica e tudo mais. E também os dramas a linguagem é tudo bem digerível, nada muito forçado e lembra a gente de quando tava no colégio e tinha umas historias bem assim.
Apesar da antipatia gratuita pela Lea Michele e pelo personagem de Matthew Morrison, o professor Will, estou curtindo bastante, mas venho assistindo os episódios de forma aleatória, na Fox. e não acho complicado de entender. É umas das coisas que eu gosto na série, você não tem aquele drama de “AH MEU DEUS PERDI O EPISÓDIO TAL E AGORA NÃO SEI MAIS NADA!!! Adoro ouvir as canções e tenho muitas no meu iPod. Já diz o ditado: antes tarde do que nunca! Mesmo depois de todo mundo, adorei conhecer e me render a Glee! Agora iniciou  a segunda temporada na FOX, e estou acompanhando por lá, acho melhor que baixar e todo mundo senta na sala pra ver. Até o namorado assiste! Adoro!
Um Glee Club é um grupo musical, formado historicamente de vozes masculinas, femininas ou mistas, que é especializada no canto de canções curtas – Glees – no entanto, hoje em dia, são mais conhecidos como espécies de corais, comumente encontrados em colégios americanos e japoneses. A série trata do Clube de Glee Novas Direções, dirigido pelo professor William Schuester e atormentado pela treinadora das cheerleaders, Sue Sylvester. As músicas apresentadas na série são liberadas toda semana no iTunes e já existem mais de três álbuns à venda com as músicas da série, incluindo um CD especial com canções da Madonna e um também especial com canções de Natal. Glee já vendeu mais de cinco milhões de álbuns e já existem DVDs, Blu-ray, jogos para Wii e livros com o nome da série. (wikipedia)
Quando: Quartas, 22h
Onde: FOX, canal 45 na Sky.
Quem faz: Lea Michelle, Diane Agron, Mark Salling, Jane Lynch.


Paixonite: Hold it against me

- musica
Tudo começou na sétima série. Estava eu assitindo Interligado, apresentado pela semi-anonima Fernanda Lima, e vi aquele clipe. A música era linda, linda. A menina também. Me interessei. Não entendi o nome dela, deixei. No dia seguinte, de novo. Dessa vez um novo clipe. Ela era demais! Tinha maria-chiquinha, um óculos fofinho, e olha! A Sabrina, bruxa adolescente tá no clipe dela! Corri e peguei um papel pra anotar o nome quando aparecer final do clipe. Corri pro meu pai, entreguei o papel e disse: Me traz o CD dessa cantora, POR FAVOR. Ele achou que eu tinha escrito o nome errado, mas depois das Spice Girls, ele aprendeu a sempre confiar no que está escrito. Só que jeu pai não achou o CD. Ninguém conhecia aquele nome a minha cidade. E não, eu não tinha internet. Computador era um sonho distante e a expressão baixar músicas era completamente desconhecida, inimaginável.
Meu pai foi a Pelotas, uma cidade vizinha, e trouxe, do camelô, o CD. Na capa, o nome: Britney Spears: Oops… I did it again. Depois de uns quinze minutos babando na capa, coloquei o danado pra tocar. E foi paixão à primeira ouvida, haha. Pena não ter Crazy, a música culpada de tudo isso, mas quem se importa com esse detalhe?
Na escola, ninguém sabia quem era Britney Spears, a gente tinha a recém superado as Chiquititas, imagine. Mas assim que ingressamos no mundo Capricho/Todatten/Atrevida, Britney e suas letras de música começaram a fazer parte da nossa vida. Mais da minha que de todo mundo. Porque naquela época, só assim a gete tinha acesso a fotos/letras dos nossos ídolos internacionais. Aos poucos, a coleção foi aumentado, Santo camelô! e ganhou outros CDs, e DVDs. Mas ser um fã de Britney Spears não é facil. Britney casa, Britney some, Britney tem bebês, Brit se separa, Brit some, Brit pira na batatinha, Brit fica careca, Brit se droga, Brit faz shows mediocres, some, aparece, some, aparece, e assim vai. Mas fã de verdade nunca desiste. E assistindo o especial MTV for the record, chorando desesperadamente junto com ela, que a gente tem certeza que é fã de verdade.

E o motivo de toda essa declaração é que saiu recentemente o primeiro video do álbum Femme Fatale, Hold it against me, e é claro que tinha que estar aqui no blog. E tudo isso é uma forma de homenagear a minha diva que nunca desiste, mesmo quando ela tenta de todos os jeitos, e dar apoio a esse nvo recomeço, que é o que nós, Britmaniacos, fazemos, é claro.