Browsing Category

livros

livros moda

Wishlist livros!

Imagem via Depois dos quinze

 Oi gente! Como vocês estão? Hoje eu trouxe uma listinha de desejos mais “cultural” com livros que tou querendo ler no momento. Faz um tempo que não rola um post sobre esse assunto aqui no blog né? Tanto uma wishlist como um post sobre livros. Por isso hoje vou comentar aqui com vocês o que eu tou querendo nos últimos tempos:

Imagem via Just-Carol

A culpa é das estrelas: Dispensa apresentações né? Esse eu quero ler desde o verão, mas tava achando que era mais uma dessas histórias que nem é tão boa assim, mas todo mundo lê porque é modinha sabe? Mas por um dia desses conversei com uma amiga que leu e interessei pela história d verdade. Quero ler antes de ver o filme. 

Imagem via Valeu a Pena Esperar

O segredo de Emma Corrigan: Escrito por uma das minhas escritoras queridinhas, Sophie Kinsella (autora da série  Becky Bloom), o livro conta a história de Emma, uma garota de 20 e poucos como eu e você, que acha que vai morrer numa viagem de avião e conta todos os segredos dela pro cara da poltrona do lado, afinal, quais são as chances de ver esse cara de novo? Bom, logo ela vai reencontrar esse cara e ter se arrependido de manter a boca fechada! Fiquei com muita vontade de ler porque li muits resenhas boas sobre o livro e amo os livros da Sophie!

Imagem via Estilo bifásico

Como ter uma vida normal sendo louca: O título fala por si só, e eu me identifiquei logo de cara, hahaha. O livro é escrito pela Jana Rosa, que eu adoro em parceria com Camila Fremder. A diagramação do livro é fofa,  eu quero ler logo, mas tá difícil achar pra vender, viu?

Imagem via Melina Souza

50 ícones que inspiraram a moda (1950): Claro que não podiam faltar livros de moda por aqui né? Eu simplesmente amo a década de 50, e quando vi esse livro fofo no blog da Mel, fiquei desejando. A publicação é parte de uma coleção com os fashion icons das décadas de 50, 60 e 70.

Imagem via Melina Souza

Just being Audrey: Esse livro merecia um post só pra ele, mas vou deixar pra fazer isso quando tiver ele em mãos. As ilustrações da obra são de uma beleza e delicadeza que só se comparam à trajetória de vida da atriz. O livro é simplesmente encantador, mas não existem edições em português, então, quem tem que saber inglês pra ler o livro, ou apenas se deliciar com as ilustrações maravilindas.

Imagem via Google

My wonderful world of fashion: Esse é outro que merece um post só dele, e com certeza vai ter quando chegar aqui em casa. O livro é um almanaque fashion, mas totalmente diferente de tudo que vemos por aí: ele é 100% interativo, e pede pro leitor, ao longo das páginas, desenhar e colorir as belíssimas ilustrações da autora. É perfeito pra quem gosta do exercício de desenhar moda, mas ainda não se aventura nos croquis, ou melhor ainda, pra dar de presente para aquela pequena fashionista da família, às vezes uma sobrinha, filha, afilhada…

Prometo que assim que comprar e ler cada um deles venho resenhar aqui no blog pra vocês! Beijos mil  até o próximo post!

livros moda

Livro: 100 anos de moda

Oi meninas! Quantos dias sem postar, que feio! Me desculpem meninas, mas andei realmente sem vontade de postar nesses últimos dias. Minha dermatite voltou com força total, atacando todo o corpo, e isso me deixou bastante deprimida, sem vontade de me vestir, maquiar, fotografar, sair, nada. Só de olhar pra minha pele com todos aqueles machucados e manchas, não dava vontade de nada.
Mas graças a Deus, depois de uma semana muito dolorosa, a dermatite está cedendo, e eu estou aqui de novo. E nesses dias todos que fiquei presa em casa, de pijama e pra baixo, uma coisa me salvou da loucura, haha. Meu livro lindo e maravilhoso, que eu venho mostrar pra vocês hoje. 
O livro 100 amos de moda explica e traz muita informação sobre o vestir desde os anos 1900 até os dias atuais. Tem muita, mas muita informação relevante e claro, muitas, centenas de fotos pra gente babar e se inspirar muito. 
O livro é dividido em duas partes: De 1900 até 1950, e de 1959 até os dias atuais. Cada parte traz capítulos mostrando diversos estilos que definiram a época em questão, resgatando é claro o contexto histórico em que fazem parte. Meu capitulo preferido é o estilo das estrelas, onde podemos ver Marilyn Monroe, Greta Garbo, Grace Kelly e claro, Audrey Hepburn em seus estilos únicos e até hoje copiados. 
A segunda parte do livro, de 1960 até os dias de hoje, é de fato mais interessante que a primeira, talvez por falar de épocas que não nos são tão distantes, de designers que estamos familiarizadas e de estilos que estão de certa forma muito próximos de nós, e que vez o u outra retornam a moda em forma de referências, como o hippie, o grunge, entre outros. 
Uma coisa bacana é que os capítulos da segunda parte de 100 aos de Moda são mais voltados para os designers da época, e pra quem gosta de ter mais conhecimento sobre o assunto, isso é muito importante. Me sinto muito Anna Wintour quando olho um look  e consigo identificar só pelo traço da roupa o designer que a fez. Mas isso exige conhecimento sobre a obra de cada estilista ou maison, e por isso mesmo gostei dessa abordagem do livro. O look da foto acima é uma releitura de um antigo look que revigorou uma maison anos atrás. Você sabe de que marca eu estou falando?
Enfim,  oque eu posso dizer mais a vocês? O livro é excelente, inclusive pra quem é iniciante nas leituras de moda, porque traz muitas mas muitas imagens  e isso torna a leitura mais leve, sem dúvida alguma, e inclusive instigam a leitura. Sçao 400 páginas de muita, mas muita moda pra você. O meu eu comprei numa promoção no Submarino e paguei muito pouco, tipo 40 e poucos reais, mas você pode cotar o preço mais em conta nesse link aqui
Espero que tenham gostado do post meninas! Mil beijos!
livros moda

Livro: As cem mais, de Nina Garcia

Oi meninas! Hoje o post é pra dar uma dica que eu amo muito: Livros de moda! O livro de hoje eu desejei por muito tempo, e quando finalmente comprei, me esqueci de postar aqui no blog pra vocês. As 100 +, de Nina Garcia, é um típico manual fashion.  Mas não tão típico assim né, já que estamos falando da Nina, que é uma super, hiper, über conhecedora de moda. 
O livro é riquíssimo em ilustrações,  e essas por sua vez, são muito fofas, o que deixa o livro muito gostoso de ler. Ela traz dicas de como usar cada uma das cem peças de roupas, sapatos e acessórios que ela considera indispensáveis, e que toda mulher deve ter no armário para se vestir bem em qualquer ocasião.

Embora tenham algumas peças no livro que eu não usaria (seja por não achar adequada à minha idade, ou por serem itens bem caros) acredito que é um livro válido para mulheres de todas as idades e estilos, porque é a partir do básico, do indispensável que a gente vai criando nosso estilo, com algum acessório, algum penteado diferente, uma make mais ou menos ousada, e por aí vai. 
Recomendo a leitura pra todas que se interessam por moda e ainda para aquelas que ainda não encontraram sue estilo, ou que querem montar uma boa base no guarda-roupa. O meu exemplar eu comprei no Submarino (como sempre, né? Entregam muito rápido!) e paguei na época R$29,90. Você pode cotar o preço atual nesse link
livros moda

Livro: Christian Lacroix e o conto da Bela Adormecida

Oi meninas, tudo bem? Faz tempo que não rola um post de livros por aqui né? É que eu andava às voltas com as leituras relacionadas às temáticas de gênero (que também são interessantíssimas) por conta do trabalho de conclusão de curso. Mas agora tenho tempo de sobra pra ler essas futilidades da vida e até voltei a comprar revistas (oba!). O livro de hoje é a obra da escritora inglesa Camila Morton – Christian Lacroix e o conto da Bela Adormecida.

Dessa vez comprei o livro na Saraiva, e chegou super rapidinho. apareceu como sugestão pra mim no site, baseado nas buscas de livros que costumo fazer. A descrição desse livro que aparece lá no site é a seguinte: 

O celebrado estilista francês Christian Lacroix ganha uma biografia inspirada no conto de fadas da Bela Adormecida no convidativo texto da colunista de moda inglesa Camilla Morton. Artista que transformava mulheres em princesas por meio de seus vestidos de sonho, Lacroix participa da obra exibindo outros aspectos de seu imenso talento, desta vez como autor das ricas ilustrações do livro. O tom de fábula, aliado à interessantíssima trajetória do gênio da moda, encanta os leitores, fashionistas ou simplesmente curiosos, fazendo-os (re)viver fantasias e despertando aspirações.

Quando li a descrição, fiquei louca para que o livro chegasse em casa. E não demorou nada, em dois dias tava aqui! Quando chegou, a primeira coisa que amei quando peguei o livro em mãos foi essa capa translúcida (em papel vegetal) por cima da capa dura. Deixa o livro lindo, e foi uma surpresa, porque vendo a foto no site da Saraiva, parecia uma capa comum, lilás, com as letras em rosa.

Quando comecei a folhear, já fiquei doida para ler, porque as ilustrações, bem como a capa, são lindíssimas. A diagramação do livro é incrível, a escolha da cartela de cores, as ilustrações, todos os detalhes, é uma leitura que sem dúvida alimenta os olhos! Você não consegue ler somente o texto escrito, tem que ler também cada imagem, sempre muito rica em componentes visuais.

Mas apesar de tudo que foi dito até agora, a verdade é que… eu não gostei do livro. Não vou dizer que foi dinheiro jogado fora, porque o livro tem ilustrações incríveis feitas pelo próprio Lacroix que totalmente valem cada centavo. Mas não acredito que na descrição do livro devesse mencionar “biografia”, porque na verdade, a obra trata muito mais do conto da Bela Adormecida do que da própria trajetória do Lacroix. A autora ainda muda alguns elementos da vida do autor para caber no contexto fantasioso dos contos de fadas, de uma forma que deixa algumas informações imprecisas, subentendidas, sabe? Enfim, não gostei disso.
Á primeira vista, me encantei pela proposta da autora e logo quis comprar os outros livros da série: Dianne Von Fürstenberg e o conto da roupa nova do Imperador e Manolo Blahnik e o conto do elfo  sapateiro. Mas agora, não acredito, pelo menos com base no livro que li, que os livros sejam biografias aliadas à contos de fada, e sim, contos de fada onde a autora tenta de forma forçada incluir a historia desses grandes nomes da moda. Quem leu o livro e gostou, pode comentar aí gurias, mas de verdade, não fez minha cabeça. Até o próximo post!