moda

Moda para grávidas: O estilo da linda Mariah Bernardes

De todas as esquisitices que tenho, uma delas é o medo de gravidez. Não é medo de ficar grávida, e ter filhos pra criar, e toda a responsabilidade, etc etc. Não. É medo de gravidez mesmo. Da barriga. Das estrias. De ter alguém dentro de você se mexendo, vivendo, crescendo. Mas o pior medo de todos ainda é o da barriga. Tipo, de ficar desconfortável perto de uma grávida muito grande sabe? Eu sinto que a qualquer momento a barriga delas pode cair, sei lá. É tenso.  
Daí que sempre achei books fotográficos de grávida, uma coisa muito rosa e de mau gosto. De verdade. Mas de uns tempos pra cá, venho mudando de opinião. Acompanhando um dos meus blogs de estilo favoritos, o blog da Mariah, e vendo a evolução dela na gravidez, o estilo, tudo, que juro por Deus, eu olho pra ela (grávida) e não me assusto, nem estranho, nem nada. Na verdade, acho lindo.
gravidez, grávida, mariah fernandes,
Os looks que ela usa não tem aquela cara “de grávida” sabe? E como toda mulher, ela cresceu, inchou, ficou com o rosto mais redondo e nada disso fez com que ela deixasse de ser vaidosa e manter o seu estilo durante a gestação. Continuou com o ar de menina fina e linda, mesmo 15kg maior. E isso eu admiro muito, porque muita mulher acha que gravidez é o período de comer por dois, de usar chinelo e legging o tempo todo e que a gestação deixa “um brilho radiante” em toda mulher.

É importante manter o estilo, continuar cuidando da aparência sim e pra isso o tamanho não é desculpa. Muitas mulheres reclamam do conforto, mas essa é uma reclamação muito ouvida não somente nos meses de gestação, mas sim durante a vida toda. Dizer que moda e conforto não combinam é simplesmente uma heresia, hahaha. Dá sim pra andar na moda e confortável, seja você gestante ou não.

roupas para gráivda, roupas para gestante, looks gravida
Reparem que na maioria das fotos, Mariah está de vestido, que é sem dúvida uma boa peça para as gestantes, porque não aperta a barriga como algumas calças e também são mais fresquinhos quando o clima está mais quente. O salto é usado em ocasiões mais festivas, e mesmo assim quando a barriguinha não está tão grande. Quando ela aumenta, ele deve ser substituído por rasteirinhas, pra não prejudicar a futura mamãe. Sapatilhas e alpargatas são ótimas pra compor looks nesse período, já que muitas mulheres incham os pés e as tirinhas de sandálias podem machucar.
Camisas mais largas podem ser usadas desde o começo ao fim da gestação, bem como batas e peças com corte império, logo abaixo do busto. aliás, usar um cinto ou faixa nessa região faz uma silhueta bem bonita e você não parece gorda, e sim grávida. Quem ainda pensa que grávida fica feia de roupa justa, está por fora. Os justinhos marcam a barriga de uma forma bonitinha, desde que sejam de um tecido mais estruturado e nada do estilo Kim Kardashian.
O importante é ter bom senso na hora de se vestir, tanto quanto, ou até mais do que se tinha antes da gravidez. Fiquei muito, mas muito feliz mesmo, de existir uma grávida que não me assusta, mas até mesmo me inspira, shuahshsaus. Beijos e até a próxima!

Você também pode gostar...

3 comentários

  1. Que amor! Adorei os looks dela mesmo, uma grávida super estilosa e bem cuidada! Eu sempre penso nisso também, será que quando eu ficar grávida e ser mãe preciso deixar meu estilo de lado? Mas vejo que não, é lindo ver grávidas e mamãe super estilosas! Beijos, Tamy!

  2. Adorei o texto e a seleção de fotos! Gravidas nao precisam andar com roupas feias , perder a vaidade. É um momento lindo e poder estar na moda, é fantastico! Parabéns!!!

    Container Cassino

  3. Que bom , que isso ja te inspira…
    Quem sabe um baby aparece logo por ai
    😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.