moda

Golden Globes 2012 – Part 1: Red Carpet

Quando chega a temporada de premiações, eu e a @lykahbrum ficamos grudadinhas no E! para acompanhar toda a cobertura dos eventos. Mas esse ano, o Red Carpet do Golden Globes foi uma completa decepção. Achei meio pobre, meio sem graça, e principalmente achei os vestidos todos muito parecidos. Salvo algumas exceções, não gostei e nem tenho muito o que comentar, mas como sempre sobra um pouco de maldade pra falar das celebs,  totalmente no estilo Fashion Police #loveyouJoAnn vamos às fotos:
Part 1: Red Carpet

Nude é o novo preto

Adoro vestidos dessa cor, e todos esses estão lindos. Kate Beckinsale linda no longo sereia, aliás essa modelagem apareceu muito no Red Carpet, e deixa realmente o corpo muito bonito. Quando se tem um corpão, claro. Né Tina Fey? #maldade. Sarah Hyland superou o ziper estourado e apareceu linda no Dolce vintage com o detalhe preto que deu um charme no vestido. Não gosto de meninas muito novinhas de longo, mas acho que esse ficou perfeito nela. Por último, a atriz Julie Bowen, que interpreta sua mãe na série Modern Family com um vestido que eu considero lindo, de uma estilista que eu adoro, que é Reem Acra, além de ter um estilo que eu gosto muito, especialmente para noivas.
Lindas e brilhantes
Elas vieram brilhosas e poderosas. Shaylene Woodley mostrou que é mais que uma adolescente americana e arrasou num dos vestidos mais lindos da noite, #MarchesaFan com direito a drapeado, bordado e mistura de texturas. Achei lindo. Só senti falta de jóias. Podia usar uma pulseirinha, vai? Lea Michele causou muita controvérsia nesse Marchesa prata/chumbo. Eu particularmente gostei, acho ela muito sem gracinha, do tipo que precisa de um vestidão desse pra arrasar. Só não gostei desse cabelo preso. Achei muito feio, sem falar que destacou o nariz dela. Jessica Alba estava divina no brilhosíssimo Gucci lilás que destacou sua meiguice e estilo ladylike já conhecido nosso. Linda, de viver!
Não entendi!
Zooey Deschanel é uma menina fofa e tem um estilo único. Tipo, só ela pode usar esse cabelo e ficar legal. Mas esse vestido, sério, eu não entendi. Preferiria ver ela num vintage, mesmo que literal, que seria bem a cara dela. E se tem outra que eu nunca entendo é a Natalie Portman. Ela tem uma beleza tão clássica, tão boa atriz, I mean, ela é quase perfeita. Mas nunca entendo os looks dela. Especialmente esse. E a Salma Hayek, que quase sempre decepciona, não sei o que rolou por ali. O vestido é bem a cara dela, mas ainda não tenho uma opinião formada sobre ele. Gosto ou não gosto? Não sei. 
Moda não tem idade
Acho interessante observar como as mulheres mais velhas se vestem nesses eventos. Afinal, quem não vai chagar lá? Gostei do look da Meryl Streep, apresar de muita gente estar dizendo que ela foi uma das mais mal-vestidas. Eu apenas mudaria a parte de baixo, retirando os botões, fazendo parecer um conjunto de sia e blusa, em vez de vestido. Bem moderno pra idade dela. Glenn Close, depois de tentar fazer casacos de dálmata, usou um longo de veludo muito bonito. A echarpe cobre os braços, que nessa idade, já não são os mesmos. Hellen Mirren esbanjou elegância  na homenagem a Morgan Freeman, reluzindo no palco nesse longo azul marinho com textura. Muito bonito e apropriado para uma premiação desse porte. Amei de verdade, um dos mais bonitos da noite. 
Não curti

Não curti essa saia do vestido da Ariel Winter que mais parece um sei-lá-o-quê. Sério, uma menina tão novinha detonada por um vestido feito de papel de bala. Não curti. Também não curti esse bordado da Nicole Kidman que parece uma versão vestido das saturadas flats Valentino. Tá lembrada? Não curti. E também não curti essa parte branca no vestido da Claire Danes. O vestido de costas era perfeito, mas daí ela virava de frente e tinha essa coisa branca horrível. Não curti.
Elegantes

Nunca ouvi falar nessa Berenice Bejo, mas esse vestido menina, deu muito pano pra manga aquo em casa. Lindo de viver. Esses panos embaixo e o drapeado em cima criaram um contrate lindo de ver. Adorei! Muito fino. Quem também estava linda de se ver era  Evan Rachel Wood, que embora tenha usado um vestido bastante complicado, tinha um efeito lindo. Tinha pedras, plumas, paetês, e não parecia carnaval at all!! Divino. Minha loira favorita Reese Witherspoon é sempre linda, e com esse Zac Posen ela ficou ainda melhor. Mesmo eu achando que o vestido etivesse selado a vácuo no corpo dela, ela ficou linda, e provou, ao contrário do que muitos pensam, que vermelho é uma cor incrível para loiras. 
WTF???
Mulheres famosas malham muito para manter a forma. São lindas e magras em sua grande maioria. Se exibem por aí humilhando nós mortais. Certo? Bom, não nesse caso. Elas são sim, lindas, e tem silhuetas de dar inveja, mas quanto ao exibi-las… Alguém me explica porque cargas d’água Heidi Klum se enfiou num band-aid gigante que não mostrou sequer que ela tem uma cintura? Porque Juliane Moore magérrima escolheu um vestido que faz parecer que ela pegou os quadris da JLo emprestados? Porque Meu Deus, Freida Pinto está fantasiada de abajur? WTF???

As piores!

Sempre existem aquelas celebridades que não vão tão bem na escolha dos modelitos. Confesso que foi dificil fazer essa escolha, mas aqui estão aqueles que eu não tolerei nessa edução do Golden Globes. Jessica Biel é uma mulher sexy. Isso até ela colocar uma sandália que deixou metade dos seus dedos para fora e vestir esse modelo que me lembrou muito a Lindsay Lohan no filme Mean Girls quando ela se fantasia de “ex-exposa” #MaldadeModeOn. Madonna é sempre Madonna, e a gente nunca sabe o que esperar dela. Não gostei do vestido e das luvas muito menos. Nem dá pra entender como essa saia veio parar nesse vestido. E a Amanda Peet foi pro Golden Globes rodar a baiana, porque com esse vestido né? Tadinha. Faltou orientação. 
Meus favoritos!
Angie é um estouro de mulher. Depois de estabelecer um novo patamar de elegância naquele longo verde ano passado, ela se supera nesse nude que tinha tudo para ser sem-graça, mas acendeu com a gola vermelha. Simplesmente divino. Não é por eu ser fã da Diana Agron que ela está nessa lista, o vestido J. Mendel é a representação de tudo o que pode relacionar moda e modernidade. O modelo com desenhos vazados a laser é de cair o queixo, e embora muita gente tenha dito que parece trabalho escolar, eu achei uma obra de arte. Já Charlize Theron, sempre com esse ar meio etéreo, provou que vulgaridade é uma questão de postura, não do que você veste. O vestido dela tinha quase toda perna esquerda à mostra, e em nenhum momento ela mostrou uma postura sexy demais, pelo contrário. O look continuou com esse ar mais romântico, etéreo, destacado pela tiara linda de pedrarias.

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. hehehhe
    adorei os comentarios e concordo plenamente, elas tentam arrasar e saem arrassadas nesses vestidos mal escolhidos..
    Agora falta o Oscar dia 26 pra ver mais belezas ou atrocidades …
    heheheheh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.