filmes TV

Coletânea: Jennifer Lopez

Essa tag é nova no blog, e nem sei se é definitiva. Na verdade, queria postar um filme da semana, mas quando o assunto é JLo, não dá pra falar de um só. O último filme que eu vi dela foi Plano B, e é lindo, mega fofo. Quem gosta de filmezinhos rosas e bem água com açúcar, senta aí e lê o post. Jennifer Lopez já fez um monte de filme, em mais de um estilo, mas os que eu mais gosto de ver são os românticos. 
Selena
EUA, 1997
Foi o primeiro filme da atriz que me lembro de ter assistido. Numa daquelas noites em que dá uma insônia e você fica assistindo Tela de Sucessos no SBT. #meupassadomecondena  No filme, Jennifer interpreta Selena Quintanilla, uma jovem de origem hispânica que se tornou a mais popular cantora latina de todos os tempos, pouco após completar 20 anos. Ela consegue atingir o topo das paradas musicais americanas, ganhando dois discos de ouro e um de platina, mas tem sua carreira interrompida de forma trágica.

O casamento dos meus sonhos
(The wedding planner)
EUA, 2001
Esse eu vi umas 6 vezes já, eu acho. Aluguei por acaso e me apaixonei por tudo no filme, sério. Até a noiva neurótica do Matthew McConaughey.  Aliás, Mathew, foi aí que eu me apaixonei por você, seu lindo. Sem falar que eu sempre amei a idéia de ser uma organizadora de casamentos, porque né? Minha cara.
No filme, Mary Fiore é uma conceituada organizadora de casamentos, que consegue transformar qualquer casamento em um evento romântico inesquecível para os noivos e seus familiares. Mas quando ela se apaixona pelo noivo de um dos casamentos que está organizando, começa a perceber que falta amor em sua vida e, por causa disso, se envolve em uma série de confusões.
Encontro de amor
(Maid in Manhattan)
EUA, 2002
Esse eu fui ver depois de velhinha já, numa sessão da tarde, também por acaso. Faz a linha conto de fadas, e eu neem adoro isso. E pra quem acredita, a magia do filme é tão grande que prova que até o Lorde das Trevas pode ser galã. Jennifer é Marisa Ventura, uma mãe solteira que trabalha como camareira em um luxuoso hotel de Manhattan. Certo dia ela conhece Christopher Marshall, um belo herdeiro de uma dinastia política, que está hospedado no hotel. Devido a um erro de identificação Christopher imagina que Marisa seja uma hóspede e logo inicia com ela um romance, que resulta em uma grande noite a sós. Porém, quando a identidade de Marisa é revelada, eles percebem que fazem parte de mundos muito diferentes, mesmo estando tão próximos um do outro.

Dança Comigo

(Shall we dance?)
EUA, 2004
Dança, JLo, Richard Gere e Nova York. Dá pra não gostar desse filme? Eu já vi 320 vezes, tenho o DVD em casa pra assistir naqueles dias de chuva, e adoro a cena que ela chora porque está com fome. Sem falar na cena que ela mancha o casaco. Eu também sempre quis saber porque as vacas se sujam o tempo todo e tudo bem, mas se cai um molhinho no ouro, já era!!!
John Clark é um homem bem sucedido, mas viciado em trabalho. Ele acaba se apaixonando pela personagem de Jennifer Lopez, uma professora de dança. Tímido e sem pensar numa possibilidade melhor e mais acessível, ele tenta relaxar do trabalho e passa a freqüentar as suas aulas, com o propósito de, pouco a pouco, conquistá-la. 
A Sogra
(Monster-in-law)
EUA, 2005
Exato ano em que comecei a namorar o Fábio. Rezava todos os dias pra que a mãe dele fosse uma santa e que  eu nunca, mas nunca na vida encontrasse uma dessas pelo caminho. Filme divertido e atuação bárbara de Jane Fonda. Adoro a cena do final quando elas ficam se estapeando. 
Charlotte ‘Charlie’ Cantilini, depois de anos procurando o príncipe encantado, finalmente encontra o homem dos seus sonhos, Kevin Fields, mas acaba descobrindo que a mãe dele, Viola, é a mulher dos seus pesadelos. Âncora do noticiário em rede nacional, Viola é despedida e teme perder o filho da mesma forma que perdeu o emprego. Ela decide, então, espantar a noiva do filho tornando-se a pior sogra do mundo. Para isso conta com a ajuda de sua assistente de longa data, Ruby, que faz de tudo para que Viola leve adiante seus planos malucos. 
Plano B
(The back-up plan)
EUA, 2011
Filme lindinho! Divertido demais, fofo e romântico na medida certa, do tipo que dá pra ver com namorado. Adoro e já vi duas vezes!
 Após anos de inúmeros namoros, Zoe decidiu que esperar pelo “homem certo” estava demorando demais. Determinada a se tornar mãe, ela decide fazer uma inseminação artificial. No dia da consulta, ela conhece Stan – um homem que apresenta reais possibilidades! A tentativa de manter uma relação de amizade e, ao mesmo tempo, esconder os sinais da gravidez, torna-se uma comédia de erros para Zoe. Quando ela revela, nervosamente, a razão do seu comportamento imprevisível, Stan diz que está disposto a aceitar a situação. Mas com o fim dos nove meses chegando, eles ficam com medo. Qualquer pessoa pode se apaixonar, se casar e ter um filho. Mas, fazer isto “de trás para frente” pode até ser uma prova de que eles realmente foram feitos um para o outro.
Esses são os filmes que eu assisti da linda e  poderosa Jennifer Lopez. Sou uma grande fã de comédias românticas, do tipo que quando gosta, compra o DVD e assiste de novo, de novo, de novo. E a Jennifer tem essa graça de fazer esses filmes bem gostosos de assistir. Ela também tem filmes mais sérios, dramas, e até Anaconda ela fez, mas não posso falar aqui de filmes que não vi, né? Agora digam se gostaram da tag, ok meninas? Semana que vem tem mais. Beijos doces!

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Mi
    29 de setembro de 2011 at 12:08 pm

    boas dicas
    boa quinta, beijinhos

    Reply

Deixe uma resposta para Mi Cancel Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.