Sem categoria

Dia dos Pais

Porque será que existe o Dia dos Pais? Será que é só pra ir na loja, comprar um presente, entregar pro seu pai e dizer: Feliz dia dos Pais, e pronto??
Será que é só pras professoras terem um motivo pra fazer aqueles trabalhos com arte que distraem as crianças o dia todo?
Será que é só pra eles não ficarem com ciúme do Dia das Mães?
Na verdade, eu realmente não sei não. E aqui em casa o Dia dos Pais é meio forçado mesmo. Não rola muitos abraços, nem felicitações nem nada. É estranho, mas é assim. Mas mesmo sem ser a rainha dos sentimentalismos, eu acredito que todo pai mereça seu dia, mesmo que sem beijos e sem presentes, esse cara aí foi qem te deu casa, educação, carinho, te defendeu, te colocou de castigo, te ensinou que mentir é feio, que não pode jogar bola dentro de casa…
Esse coroa que agora só sabe ver futebol quando a gente quer ver nossas séries favoritas, já te ensinou a andar de bicicleta, a chutar a bola no gol, te pulou onda na praia quando tu tinha medo d’água, e trocou tua fralda quando ela tava premiada.
E mesmo que agora ele só saiba te dizer pra não chegar tarde, pra não levar bomba na aula, e pra não dormir na casa do namorado, esse cara já acordou de madrugada quinhentas vezes porque você teve um pesadelo, ou dor de dente ou medo do escuro.
Agora pensa, depois de tudo isso, esse cara não merecia um dia só dele??? Eu acho que sim.
Por isso, mesmo aqui em casa sendo um dia de obrigasções familiares, haha, eu reconheço e sei bem do valor do meu pai, (mesmo nunca dizendo isso a ele cara a cara, mas espero que ele leia esse post) e não preciso ficar cheia de não-me-toques no segundo domingo de agosto.
E pra todos os outros pais, e avôs que são pais 2 vezes, um Feliz, Maravilhoso Dia dos Pais…

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.